Sociedade Orgânica

donate Books CDs HOME updates search contact

Sociedade Orgânica e o Desejo do Paraíso

Plinio Corrêa de Oliveira

Como essa terra é uma terra de exílio, foi feita para não nos satisfazer completamente. Se pudesse fazê-lo, não seria um exílio, mas uma espécie de segunda pátria, mais parecida com a magnífica pátria que Deus preparou para nós no paraíso celestial.

Como terra de exílio, ela não deve ser apenas defeituosa neste ou naquele detalhe, mas em sua nota fundamental, que é a de que não nos sentimos à vontade aqui. Esta é a princípal característica do nosso exílio terrestre e um poderoso convite para pensar no Céu e nos meios para o merecer.

No entanto, mantendo essa verdade fundamental em vista, quando seguimos a Lei Natural e os princípios Católicos, podemos criar em alguns ambientes, algo desse sentimento de estar em casa.

Alguns desses são os ambientes familiares. Quando uma família é Católica, o que atrai nela não é tanto o ter uma bela sala de estar ou um agradável pátio, mas um conjunto de imponderáveis que se criam em torno dela e que satisfazem parte do apetite da pessoa pela eternidade. Se isso existe, então a pessoa se sente em casa.

Hunting in Normandy

Na Normandia, um homem retorna da caça

Oaks line the walk

Oaks alinham a caminhada de uma plantação do sul, oferecendo sombra e ambiente

Chateau

O ambiente em um castelo proporciona uma atmosfera séria e calma
Lembro-me de ter folheado um álbum fotográfico mostrando como algumas famílias antigas moram na França hoje e como se sentem chez soi [em casa]. Uma das fotos mostra um pai e um servidor saindo para caçar a cavalo na neblina da manhã. O servidor leva uma corneta de chifre e vários cães os acompanham. O ambiente da cena apela muito aos membros da família.

Outra foto mostra uma casa diferente, a atmosfera é marcada por uma longa fileira de carvalhos plantados em duas linhas paralelas ao longo da estrada até a entrada da mansão rural. Os galhos das duas fileiras de carvalhos se encontram e tocam por cima da alameda, oferecendo uma atmosfera fresca e sombria que protege a pessoa abaixo deles.

O ambiente de outra casa familiar era representado por uma lareira com várias cadeiras de couro em volta, sugerindo as muitas conversas dos membros da família sentados ao redor da fogo, ouvindo os sábios conselhos do pai ou as histórias do avô.

Quando uma família tenta traduzir sua própria personalidade em coisas materiais na sua casa, ela instintivamente cria um ambiente que atende às necessidades de seus membros. Isso não significa que a decoração da casa deva ser necessariamente rica e a família rica. A preocupação com o dinheiro não é o que está em jogo aqui. Estamos falando de criar um ambiente que reflita a personalidade da família e faça com que seus membros se sintam bem.

Esse ambiente não é principalmente um conjunto de móveis ou estilo de decoração, mas sim um conjunto de pessoas. O dom da família, quando está de acordo com Nossa Senhora, é oferecer afeto recíproco um ao outro. Quando isso existe, os membros sentem uma satisfação que nada pode igualar. Isso transcende a casa, a decoração e a mobília; é anterior a tudo isso. É por isso que a família tem o mesmo gosto pelas mesmas receitas, pelas mesmas peças de teatro, pela mesma música. Porque compartilha do mesmo enfoque diante do sofrimento, ela tem os mesmos anseios, etc. Isso é o que torna as relações dos homens nessa terra mais semelhantes às dos abençoados no Paraíso.

Análogos ambientes também podem ser engendrados em outros grupos humanos, embora eles sejam mais diluídos do que o da família. Por exemplo, em um clube de cavalheiros que segue princípios católicos, os membros compartilham os mesmos gostos, tradições e relações sociais; suas famílias se conhecem, os membros têm admiração pelos mesmos ideais e tratam uns aos outros com as mesmas boas maneiras. Tal clube é como se fôsse para seus membros como uma grande família, dando mais ar e horizonte à vida de família. Ser um membro desse clube é uma forma de estar em família sem estar nessa ou naquela família particular. O clube permite que a pessoa respire um ar diferente e abra os olhos para horizontes mais amplos.

Assim, em uma sociedade orgânica formada de acordo com Nossa Senhora, esses ambientes podem atenuar o sentimento de exílio que temos na Terra, longe do céu.

Essa satisfação do anseio do Céu tem seus limites. É algo que ao mesmo tempo é real e irreal. É uma realidade porque é possível gerar esses ambientes e muitas pessoas no passado de fato os criaram.

Mas é também algo irreal, porque nunca existe de uma maneira perfeita, tão perfeita quanto se quereria. Não estou falando das fricções e problemas que sempre existem em uma família; Estou falando de um certo ar confinado causado pelas estreitas relações que existem na família. O relacionamento íntimo é tão agradável – mas é tão restritivo que às vezes pode ser desagradável. O homem tem necessidade de mais ar, de horizontes mais amplos para satisfazer suas necessidades psicológicas.

O equilíbrio entre o ar confinado da família e o ar amplo da sociedade é necessário para a formação saudável de seus membros.

No fundo, cada um de nós tem necessidades de alma que anseiam por realização. Esses anseios terminam em uma espécie de mundo irreal e ideal, ao qual a pessoa está sempre se dirigindo.

Coca Castle

O castelo medieval nos convida ao heroísmo e ao sublime, Coca, Espanha
O que é esse ideal? Eu estou chamando esse ideal de Céu, o lugar onde todos os apetites legítimos da alma de um homem são preenchidos de uma maneira sempre crescente e por toda a eternidade. A noção desse ideal está sempre presente na vida de um homem de uma maneira ou de outra. Frequentemente ele não quer admitir que esse ideal é aquela visão de Deus que ele foi chamado a ter, e ele busca falsas soluções para suas necessidades psicológicas e se desvia. Mas esse ideal é a razão de ser de sua vida.

Os senhores veêm que eu estou falando sobre coisas diferentes do que conseguir um emprego, ganhar dinheiro ou fazer uma carreira, ou outras coisas do gênero. É uma ordem de considerações muito mais elevada e mais essencial.

Assim, a vida nessa terra deve ser vista como um anseio não-satisfeito por um mundo ideal. Tal mundo é ao mesmo tempo viável e inviável. Na medida em que fizermos nessa vida um rascunho daquele mundo ideal, nós encontraremos a sua matriz final no Céu depois de morrermos. Este apetite pode ser realizado até certo ponto nessa terra, e será plenamente realizado no Céu. Nessa vida, podemos ter apenas uma pré-figura daquilo que será o Céu.

Houve na História uma época em que esse ambiente foi realizado? Acredito que foi realizado na Idade Média por meio de um progresso contínuo em direção à perfeição. Cada século da Idade Média desenvolveu a aspiração do século anterior. Podemos ver continuidade e progresso nesse mesmo anseio pelo Céu e a tentativa de tornar a terra o mais parecida possível com ele. Esse progresso é percebido, por exemplo, no avanço do estilo românico para o gótico, e depois nas diferentes fases do gótico. Esse progresso segue a mesma tendência ao sublime elevando-se constantemente.

Essa tendência à perfeição marca o progresso que naturalmente ocorre na sociedade orgânica Católica.

Postado em 15 de julho de 2019

Tradition in Action

Dr. Plinio Correa de Oliveira
Prof. Plinio
Sociedade Orgânica foi um tema caro ao falecido Prof. Plinio Corrêa de Oliveira. Ele abordou este tema em inúmeras ocasiões durante a sua vida - às vezes em palestras para a formação de seus discípulos, às vezes em reuniões com amigos que se reuniram para estudar os aspectos sociais e história da cristandade, às vezes apenas de passagem.

Atila S. Guimarães selecionou trechos dessas palestras e conversas a partir das transcrições das fitas e de suas anotações pessoais. Ele traduziu e adaptou-os em artigos para o site da TIA. Nestes textos, a fidelidade às idéias e palavras originais é mantida o máximo possível.

burbtn.gif - 43 Bytes


Tópicos relacionados de interesse


burbtn.gif - 43 Bytes    O que é a Sociedade Orgânica?

burbtn.gif - 43 Bytes   A lua e seu halo

burbtn.gif - 43 Bytes   Paraíso: uma corte celestial

burbtn.gif - 43 Bytes   Partida para a Cruzada: um desejo pela sublimidade

burbtn.gif - 43 Bytes   A felicidade celestial de Nossa Senhora no céu

burbtn.gif - 43 Bytes   O apelo das pedras de São João Capistrano


burbtn.gif - 43 Bytes


Sociedade Orgânica  |  Sócio-política  |  Início  |  Livros  |  CDs  |  Procurar  |  Contacte-nos

Tradition in Action
© 2018-   Tradition in Action do Brasil    Todos os Direitos Reservados