Sim, por favor
Não, obrigado

Festas de Nossa Senhora
donate Books CDs HOME updates search contact

Nossa Senhora, Rainha dos Anjos - 2 de Agosto

Prof. Plinio Corrêa de Oliveira

Em 1863, uma Irmã Bernardina viu em espírito a vasta desolação causada pelo Demônio em todo o mundo. Ao mesmo tempo, ela ouviu a Virgem Maria dizendo a ela que era verdade, o Inferno havia sido solto na terra e que chegara a hora de rezar a ela como Rainha dos Anjos e pedir-lhe a assistência das Legiões Celestiais para lutar contra esses inimigos mortais de Deus e dos homens.

Our Lady of the Angels, the Wilton Diptych

Nossa Senhora, o Menino Jesus e os Anjos
Detalhe do Díptico de Wilton,  c. 1395

“Mas, minha boa Mãe," disse ela, "A Senhora que é tão bondosa, não poderia enviá-los sem a nossa oração?”

“Não,” respondeu Nossa Senhora, “porque a oração é uma das condições exigidas pelo próprio Deus para obter favores.”

Então, a Virgem Maria comunicou a oração a seguir, pedindo que ela fosse impressa e distribuída em todos os lugares.

Augusta Rainha dos céus, soberana mestra dos Anjos, Vós que, desde o princípio, recebestes de Deus o poder e a missão de esmagar a cabeça de Satanás, Nós vo-lo pedimos humildemente, Enviai vossas legiões celestes para que, sob vossas ordens, e por vosso poder, Elas persigam os demônios, combatendo-os por toda a parte, Reprimindo lhes a insolência, e lançando-os no abismo. Quem é como Deus? Ó Mãe de bondade e ternura, Vós sereis sempre o nosso Amor e a nossa esperança

Ó Mãe Divina, Enviai os Santos Anjos para nos defenderem, E repeli para longe de nós o cruel inimigo.

Santos Anjos e Arcanjos, Defendei-nos e guardai-nos. Amém.

Esta oração foi aprovada pela Igreja. A pessoa que recitar recebe uma indulgência de 300 dias.


Comentários do Prof. Plinio:

Quando consideramos o poder da Revolução, a maneira como ela se espalhou pelo mundo, além disso, quando consideramos a ferocidade intrínseca que ela tem, chegamos à conclusão de que a Revolução conta com o apoio dos demônios .

A Revolução se mostra em sua plena iniquidade em épocas em que deixa cair sua máscara. Durante a explosão da Revolução Protestante, por exemplo, o número de religiosas que deixaram os conventos para abraçar a heresia e depois se tornarem prostitutas foi enorme. Havia até um mercado estabelecido para as inúmeras freiras que queriam ser prostitutas. Havia tantas que queriam se entregar a essa forma de depravação que os locais normais de prostituição estavam completamente cheios, e ainda havia um grande excedente de mulheres. Então, um mercado as ofereceu diretamente ao público. Mostra a iniquidade da Revolução Protestante .

The goddess Reason procession to Notre Dame

Numa paródia de uma procissão Católica, os revolucionários levam a "deusa da razão" a Notre Dame

Também a quantidade de profanações foi surpreendente. Os hereges tinham um ódio especial pela Eucaristia, profanando-A nas igrejas, abrindo os tabernáculos, retirando dos cálices as Hóstias consagradas e jogando-as nas ruas para serem pisoteadas pelos pedestres. Um autor respeitável, referindo-se ao número dessas Hóstias profanadas, disse que as ruas de toda a Alemanha estavam cobertas por Hóstias. É outra expressão do mal da Revolução.

Durante a Revolução Francesa, houve uma perseguição constante à Igreja. Primeiro, o Estado se declarou separado da Igreja; depois decretou a separação da Igreja Francesa de Roma. Depois disso, todas as igrejas Católicas na França foram fechadas. Além disso, na Catedral de Notre Dame, em Paris, os revolucionários Franceses colocaram uma mulher nua, uma artista de cabaré, no altar de Nossa Senhora em seu lugar, e ela era adorada como a "deusa da razão." Isso reflete a iniquidade da Revolução.

Na Idade Média, quando a Revolução começou, Papas, Imperadores e Reis estavam contra. Os poderosos da época eram contra e, no entanto, ela se infiltrou no edifício, corroeu suas fundações e alcançou o auge do poder que tem hoje. Analisando essa marcha inexorável, conclui-se que a Revolução não poderia ter sido tão bem-sucedida sem o apoio crescente do Demônio. Hoje, então, temos o ápice de ambos, o poder da Revolução e o poder do Demônio; há uma terrível infestação demoníaca.

A influência demoníaca e a participação no processo revolucionário explicam por que sua iniquidade vai além dos limites do mal humano. O mal próprio do homem manchado pelo pecado original não poderia ser tão ruim quanto o extremo do mal que estamos testemunhando em nossos dias. Há algo mais neste extremo do mal. Essa outra coisa é o papel desempenhado pelo Demônio.

Quando um homem se entrega a esse extremo do mal, ele é infestado pelo Demônio, porque sua natureza humana normalmente seria repelida por tal grau de iniquidade e ele a rejeitaria. Se ele aceita, isso ocorre porque parte de sua vontade é possuída pelo Demônio. Como existem inúmeros homens nessa condição, pode-se concluir que o Demônio se tornou efetivamente o senhor deste mundo .

Devils cast out during the war in Heaven, by Peter the Bruegel Elder

Os Anjos rebeldes são enviados ao Inferno
Pieter Bruegel o Velho

Portanto, nossa luta contra-revolucionária nunca estará completa se não levar em consideração essa luta contra o Demônio. Esta batalha, no entanto, não pode ser vencida sem a ajuda de Nossa Senhora. Foi ela quem recebeu a missão de esmagar a cabeça da serpente. Ela tem o poder de expulsar os demônios. Ela faz isso por meio dos Anjos.

Por que ela precisa dos Anjos?

Primeiro, Deus queria que o universo que Ele criou fosse governado pelas criaturas que Ele criou, e não diretamente por Ele. Ele fez dos Anjos os intermediários entre Deus e os homens, para que eles pudessem direcioná-los.

Segundo, Ele estabeleceu Nossa Senhora como Rainha do universo e, portanto, deu a ela o poder de governar tudo. Os Anjos são os agentes normais para executar as ordens que Ela dá para seu governo. Por esse motivo, ela é a Rainha dos Anjos.

Terceiro, porque os Anjos têm a mesma natureza que os demônios, é apropriado que eles combatam os demônios. Então, Nossa Senhora os usa para essa luta.

Quarto, a primeira guerra na história foi a guerra celestial entre os Anjos e os demônios. Essa guerra só terminará no último dia da história. Até lá, os demônios sempre tentarão destruir o plano de Deus para os homens, e os Anjos farão o contrário.

Assim, Nossa Senhora quer expulsar os demônios que infestam o mundo através dos Anjos, seus súditos. Invocá-la sob o título de Rainha dos Anjos é o mais eficaz.

A painting of Our Lady surrounded by Angels before the Throne of God

Nossa Senhora, Rainha do Céu e da Terra

Nesta luta, os homens têm um papel especial a desempenhar. Eles devem pedir a Nossa Senhora para expulsar os demônios da terra. Sem essa oração, ela não faz. Se pedirmos a ela, ela fará, mas é necessário pedir. Portanto, como estamos vivendo uma época em que a infestação demoníaca atingiu seu ápice, devemos pedir com crescente insistência que a hora do poder das trevas termine e que os demônios sejam lançados no Inferno.

Deveríamos pedir que ela expulse os demônios que influenciam a alma de cada um de nós, as almas dos membros de nossas famílias, as almas das pessoas que devemos trazer para a Contra-Revolução.

A doutrina Católica nos ensina que, na primeira batalha no Céu, os Anjos maus que participaram ativamente da revolta contra Deus foram enviados diretamente ao Inferno. Os que tomaram parte passiva, no entanto, foram enviados para infestar o ar da terra. Este segundo tipo prepara os homens para cair em tentação; quando estão preparados, o primeiro tipo vem para tentá-los a cometer um pecado mortal e romper sua união com Deus. Devemos pedir a Nossa Senhora que nos liberte da influência dos demônios do ar e dos demônios do Inferno.

Quando este poder de Satanás for quebrado, o terreno estará livre para estabelecer as bases do Reino de Maria .


Tradition in Action



j000 SD Dr. Plinio.gif - 9040 Bytes
Prof. Plinio Corrêa de Oliveira
A secção Santo do Dia apresenta trechos escolhidos das vidas dos santos baseada em comentários feitos pelo Prof. Plinio Corrêa de Oliveira. Seguindo o exemplo de São João Bosco que costumava fazer comentários semelhantes para os meninos de seu Oratório, cada noite Prof. Plinio costumava fazer um breve comentário sobre a vida dos santos em uma reunião para os jovens para encorajá-los na prática da virtude e amor à Igreja Católica. TIA do Brasil pensa que seus leitores poderiam se beneficiar desses valiosos comentários.

Os textos das fichas bibliográficas e dos comentários vêm de notas pessoais tomadas por Atila S. Guimarães de 1964 até 1995. Uma vez que a fonte é um caderno de notas, é possível que por vezes os dados bibliográficos transcritos aqui não sigam rigorosamente o texto original lido pelo Prof. Plinio. Os comentários foram também resumidos e adaptados aos leitores do website de TIA do Brasil.



Santo do Dia  |  Início  |  Livros  |  CDs  |  Procurar  |  Contacte-nos  |  Doar

Tradition in Action
© 2018-   Tradition in Action do Brasil    Todos os Direitos Reservados