se
Sim, por favor
Não, obrigado
Assuntos de Fátima
donate Books CDs HOME updates search contact

Roma será destruída? – Parte I

O Apocalipse, Igreja Conciliar e
o Terceiro Segredo

Homer Sweeney
A maior crise do mundo hoje, na minha opinião, não é a imigração, o terrorismo ou as mudanças climáticas, mas é o fato de que o Vigário de Cristo na Terra mudou de lado.

Esta perspectiva faz pensar e refletir sobre os avisos do Céu que nos foram dados.

lightning strikes st peters

Um aviso de uma destruição que se aproxima?

A mensagem de La Salette nos diz: Roma perderá a fé e se tornará a sede do Anticristo.

A versão decifrada do terceiro segredo: A apostasia da Igreja Católica é liderada pelo Papa.

A Profecia de São Malaquias: Francisco - Pedro, o Romano - é o último Papa da Santa Igreja Romana.

O Apocalipse: Babilônia é a Igreja Conciliar.

Será que esta geração verá a destruição de Roma?

A Igreja Conciliar é a Babilônia?

No Apocalipse, o capítulo 18 é inteiramente dedicado à destruição de Roma. Um Anjo desce do Céu e brada em alta voz, dizendo: “Caiu, caiu Babilônia, a grande, e tornou-se habitação de demônios, guarida de todo o espírito imundo, e albergue de toda a ave hedionda e abominável.” (v.2)

babylong whore

A Igreja Conciliar é a prostituta da Babilônia? Abaixo, um desfile satânico de moda em uma Igreja Católica do Reino Unido

fashion show church

Escarlate e roxo - as cores dos cardeais e bispos no funeral de João Paulo II

scalet and purpole whore

Uma ilustração disso foi vista em 8 de dezembro de 2016, no 50º aniversário do Concílio Vaticano II, um show de luzes em apoio das Mudanças Climáticas na fachada da Basílica de São Pedro mostrando aves e animais hediondos e abomináveis.

Babilônia tem sido considerada historicamente como um nome de código para Roma. O próprio São Pedro, escrevendo sua primeira epístola sobre a apostasia de Roma, refere-se a ela como Babilônia.

Em seu livro de 1921, O Apocalipse de São João, o Pe. E. Sylvester Berry diz que a terrível destruição e desolação de Roma será a punição por seus muitos pecados e pelos pecados resultantes de sua apostasia e de sua adesão ao Anticristo, à qual ela seduzirá outras nações (resumo do capítulo 18).

A velha questão - Babilônia é a Igreja Conciliar? - parece ser respondida no capítulo 18 do Apocalipse, pelo que está descrito nos versículos seguintes.
  • (v.3) Porque todas as nações beberam do vinho da cólera da sua impudicícia e os reis da terra se mancharam com ela e os mercadores da terra tornaram-se ricos com o excesso de seu luxo. Fornicação é tipicamente usada nas Escrituras Sagradas para descrever idolatria, adoração inautêntica ou infidelidade espiritual.

  • (v.4) Ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu, para não seres participante dos seus delitos e para não seres compreendido nas suas pragas. São João Evangelista, nos avisando sobre salvar nossas almas.

  • (v.5) Porque os seus pecados chegaram até ao céu e o Senhor lembrou-se das suas iniquidades.

  • (v.16) Ai, ai daquela grande cidade, que estava vestida de linho fino, de púrpura e de escarlate, e que se adornava de ouro, pedras preciosas e de pérolas! Como num momento foram reduzidas a nada tantas riquezas! Roxo e escarlate as cores da hierarquia: bispos e cardeais.

  • (v.23) Nem luzirá mais a luz de lâmpada; não se ouvirá mais em ti (a lâmpada do santuário significa a presença real de Cristo); a voz do esposos e a da esposa (Cristo e Igreja) não será mais ouvida em ti.

  • (v.24) Nesta cidade foi encontrado o sangue dos profetas e dos santos e de todos os que foram mortos sobre a terra.
Esses versículos parecem indicar que Babilônia não é a Igreja estabelecida por Jesus Cristo, mas a Igreja do Novus Ordo ou Igreja Conciliar, a qual se infiltrou na Igreja Católica e usurpou seu nome. Hoje, esta última é considerada indevidamente por outras religiões e pelo mundo como a Igreja Católica.

Apocalipse e o Terceiro Segrêdo

O capítulo 18 do Apocalipse corrobora a versão decifrada do Terceiro Segredo de Fátima:
  • No Segredo, Nossa Senhora mostra aos videntes a apostasia na Igreja que a Irmã Lúcia descreve como uma "Igreja do Inferno";

  • A Cátedra (ou Sé) de Roma será destruída e uma nova construída em Fátima;

  • No reinado de João Paulo II a pedra angular do túmulo de Pedro será removida e transferida para Fátima. Isto se cumpriu em 9 de março de 2004;

  • Esta carta pode ser aberta pelo Santo Padre, mas deve ser anunciada após Pio XII e antes de 1960;

  • Se 69 semanas após o anúncio desta ordem, Roma continuar a abominação, a cidade será destruída.
secret

Veja o Segredo decifrado em inglês aqui

A versão integral decifrada do Terceiro Segredo pode ser encontrada aqui.

Desafiando Nossa Senhora

João XXIII falou sobre o Segredo a um grupo seleto de Cardeais em 8 de fevereiro de 1960. Um anúncio da agência de notícias ANI informou que: “Círculos muito confiáveis do Vaticano afirmam que é muito provável que nunca será aberta a carta em que a Irmã Lúcia anotou as palavras que Nossa Senhora confidenciou aos três pastorinhos da Cova da Iria.”

João XXIII desafiou a vontade de Nossa Senhora, Roma continua sua abominação, a disseminação do Progressismo, o que causará a destruição da cidade, como prometido neste Segredo e declarado no Apocalipse e em muitas outras profecias católicas.

Em 4 de outubro de 1820, a Irmã Anna Catharina Emmerick, que carregava os estigmas de Nosso Senhor, disse:

“Quando vi a Igreja de São Pedro em ruínas, e a maneira pela qual tantos clérigos estavam ocupados nesse trabalho de destruição – nenhum deles desejando fazê-lo abertamente na frente dos outros – fiquei tão angustiada que clamei a Jesus com toda a minha força, implorando Sua misericórdia.

Our Lady of Fatima

'No final, meu Imaculado Coração triunfará'

"Então vi diante de mim o Espôso Celestial, e Ele falou comigo por um longo tempo ... Ele disse, entre outras coisas, que essa transladação da Igreja de um lugar para outro (Fátima?) significava que ela parecia estar em completa decadência. Mas ela ressurgiria; mesmo que restasse apenas um católico, a Igreja conquistaria [o mundo] novamente porque ela não depende de conselhos e inteligência humanos. Também me foi mostrado que quase não havia mais cristãos na antiga aceitação da palavra.”

As palavras de Nossa Senhora aos três videntes de Fátima em 13 de julho de 1917: “Por fim, meu Imaculado Coração triunfará.”

A interpretação da frase final da profecia de São Malaquias do século 12 está aberta à discussão:

“Na perseguição final da Santa Igreja Romana, haverá Pedro, o Romano, que alimentará suas ovelhas em muitas tribulações e, quando essas coisas terminarem, a cidade das sete colinas será destruída e o terrível juiz julgará seu povo. (Apocalipse, capítulo 18,20) O fim.” Nas Escrituras Sagradas, tribulação é geralmente um período de sete anos.

Examinaremos mais as profecias de São Malaquias e sua relevância para Fátima e nossos tempos no próximo artigo.

Continua


Postado em 20 de novembro de 2019

Tópicos Relacionados de Interesse

Trabalhos Relacionados de Interesse




Volume I
A_Offend1.gif - 23346 Bytes

Volume II
Animus Injuriandi II

Volume III
ad1

Volume IV
ad2

Volume V
Animus Injuriandi II

Volume VI
destructio dei

Volume VII
fumus satanae

Volume VIII
creatio

Volume IX
volume 10

Volume X
ecclesia

Volume XI
A_hp.gif - 30629 Bytes

Edição Especial